Pedro & João

Ir para o Conteúdo Principal »

Busca no Site

Você está agora em:

Um olhar para a sala de aula: reflexões e práticas de linguagem

Um olhar para a sala de aula: reflexões e práticas de linguagem

Duplo clique na imagem acima para visualizá-la maior

Reduzir
Aumentar

Mais Visualizações

Um olhar para a sala de aula: reflexões e práticas de linguagem

Enviar para um amigo

Seja o primeiro a comentar este produto

Disponibilidade: Em Estoque.

R$40,00
Acrescentar itens ao carrinho
OU

Descrição Rápida

Um pouco da história das organizadoras

 

          A parceria longitudinal estabelecida entre as organizadoras deste livro - pesquisadoras, oriundas de áreas de conhecimento específicas, porém complementares, para atuar, como mediadoras, no Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência - Pibid, foi tão significativa que impulsionou a publicação desta coletânea de artigos, a qual agrega experiências de estudiosas oriundas de diferentes regiões do Brasil na discussão de práticas de linguagem nos vários níveis de ensino. Como resultado, observa-se a ampliação de possibilidades para (re)pensarmos caminhos, muitas vezes contraditórios, da formação docente, construídos por escolas e universidades, entre outros agentes.

          Atuando no Pibid, Juliane Ferreira Vieira, professora de Letras, Doutoranda pela Universidade Estadual de Maringá - UEM, e Giana Amaral Yamin, Pedagoga, com Doutorado em Educação, docente da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul – UEMS, percorrem, há mais de cinco anos, diferentes trilhas para (re)pensar o chão da escola, tendo como aporte teórico conceitos de Bakhtin e Vygotsky, entre eles o de sentido e o de significado da palavra.

          No centro dos estudos estão, de um lado, a formação das futuras professoras e professores dos anos iniciais da Educação Básica, graduandos em Pedagogia, da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul. De outro, encontram-se os meninos e as meninas, de quatro a doze anos de idade, matriculados em escolas públicas do município de Dourados.

          Para refletir o fazer docente, as aprendizagens das crianças e as contradições do espaço escolar, o dialogismo e a mediação direcionam as interações dos envolvidos: pesquisadoras (linguista e pedagoga), professoras em formação, profissionais da escola e alunos, trazendo à tona, possibilidades concretas para efetivar o diálogo entre teoria e prática.

Descrição do Produto

INICIANDO O DIÁLOGO...

 

          Ao convidarmos as pesquisadoras, autoras deste livro, a socializarem suas pesquisas, pedimos que elas dedicassem seus textos à reflexão do ensino e da aprendizagem da Língua Portuguesa. Nosso objetivo, com essa orientação, foi o de oferecer a professores e a licenciandos em formação uma compilação de artigos que promovesse o diálogo entre diferentes áreas dos estudos da linguagem. Como resultado, após “degustarmos” o livro pronto, avaliamos que o conteúdo oportuniza pensarmos os dilemas e as possibilidades do trabalho com a linguagem - desde a Educação Infantil até o nível superior. Independente da faixa-etária, as reflexões das autoras exigem o “resgate” do lugar de pertencimento do aluno na escola: o centro do processo ensino e aprendizagem.

          Todas as pesquisadoras, apesar das especificidades dos temas e áreas de atuação, compartilham expectativas semelhantes para a escola. As autoras almejam que as instituições concebam os estudantes como sujeitos com capacidades, sendo vistos como atores ativos - que se expressam, que elaboram hipóteses, que precisam ser ouvidos e que possuem especificidades e direitos, inclusive o de vivenciarem práticas significativas de inclusão.

          Além disso, ressaltam a importância de que, no coração da escola, as metodologias garantam a presença de uma “linguagem viva”, assim como ela é veiculada no mundo externo. Almejam o efetivo diálogo entre alfabetização e letramento; a escuta de bebês e de adultos - sujeitos historicamente invisibilizados; intencionam que os elementos da leitura e da escrita, em todos os níveis de ensino, sejam explorados a partir de sua função social, em situações que façam sentido para os estudantes, de forma a garantir aprendizagens reais.

          Nesse contexto, os textos das autoras apontam, também, para um redimensionamento de posturas (concepções) que direcionem a atividade principal executada pelo professor mediador, o sujeito mais experiente, o responsável pela organização da interlocução entre o aluno e essa “linguagem viva”. Indicam que, da Educação Infantil ao Ensino Superior, é preciso uma constante reflexão e reconstrução de práticas e teorias, e que estamos, todos, não importa o nível de ensino, em processo constante de formação continuada. Agradecemos às autoras que se dispuseram a entrar nessa cadeia dialógica acerca do ensino-aprendizagem da Língua Portuguesa, compartilhando conosco suas pesquisas e suas reflexões.

          Também agradecemos à ilustradora da capa, Júlia Andrekowisk Couto Mazini, de 8 anos, que por meio da imagem, nos apresentou o olhar de uma criança a respeito da sala de aula, dos professores, dos colegas, pensando a escola como um lugar de respeito à diversidade, como um lugar de lutas tanto de estudantes quanto de professores. Júlia nos chama a não desistirmos da educação, dos alunos, dos professores.

          Assim, é o pensamento norteador deste livro: interagir com professores e licenciandos em formação e contribuir com seus caminhos, com seus ensinamentos, com suas aprendizagens.

 

Juliane Ferreira Vieira e Giana Amaral Yamin

Informações Adicionais

Autor Juliane Ferreira Vieira; Giana Amaral Yamin [Orgs.]
Ano de Publicação 2017
Páginas 242
Tamanho 14 x 21
ISBN 978-85-7993-409-4

Tags do Produto

Acrescentar suas Tags:
Utilize espaços para separar tags. Utilize aspas simples (') para frases.
 

Meu Carrinho

Você não tem itens no seu carrinho de compras.