Pedro & João

Ir para o Conteúdo Principal »

Busca no Site

Você está agora em:

Inclusão e preservação de saberes para o bom viver

Inclusão e preservação de saberes para o bom viver

Duplo clique na imagem acima para visualizá-la maior

Reduzir
Aumentar

Mais Visualizações

Inclusão e preservação de saberes para o bom viver

Enviar para um amigo

Seja o primeiro a comentar este produto

Disponibilidade: Em Estoque.

R$0,00
Acrescentar itens ao carrinho
OU

Descrição Rápida

Clique aqui

Descrição do Produto

Este livro reflete a preocupação premente de um programa de pós-graduação amazônico, o Programa de Pós-Graduação em Linguagens e Saberes na Amazônia, com os temas “tradução” e “interculturalidade”: inclusão e preservação de saberes para o bom viver, e os seus estudos sobre a Amazônia oriental. Traduzir línguas e culturas é, sem sombra de dúvidas, uma das tarefas mais difíceis para o linguista, o literato, o cientista social, e para qualquer estudioso que tenha como objeto de estudo o outro, para o que é necessário vivenciar, olhar com os olhos do outro, sentir como se estivesse na pele do outro, acertando maximamente na interpretação do modo de ser do outro. Em um país como o Brasil, com tamanha diversidade linguística e cultural, tradução e interculturalidade deveriam estar indissociáveis, como conceitos básicos e norteadores de políticas públicas voltadas para a educação, cultura, meio ambiente e saúde, principalmente. O conceito de interculturalidade, que ganha força desde o final da década de 1970 na Europa, exatamente e, entre outras disciplinas, no âmbito dos estudos linguísticos lexicográficos e aplicados ao ensino de línguas estrangeiras, e ao ensino de línguas em geral (cf. Gallisson), já apontava suas raízes no Brasil, na década de 1960, com a “Pedagogia dos Oprimidos” e os “círculos culturais”, criados por Paulo Freire. Refloresce na década de 1980, quando a história do Brasil retomava o caminho da liberdade, na voz dos movimentos sociais – indígenas, de seringueiros, de comunidades negras, entre outros –, que puderam unissonamente clamar pelo reconhecimento de seus direitos, a começar pelo direito de ter reconhecida sua identidade linguística e cultural diferenciada.

Informações Adicionais

Autor Raimunda Benedita Cristina Caldas; Larissa Fontenele de Alencar; Fernando Alves da Silva Júnior (Orgs.)
Ano de Publicação 2016
Páginas 497
Tamanho 14 x 21
ISBN 978-85-7993-283-0

Tags do Produto

Acrescentar suas Tags:
Utilize espaços para separar tags. Utilize aspas simples (') para frases.
 

Meu Carrinho

Você não tem itens no seu carrinho de compras.