Pedro & João

Ir para o Conteúdo Principal »

Busca no Site

Você está agora em:

Chapecó em foco: textos e contextos sobre o espaço urbano-regional

Chapecó em foco: textos e contextos sobre o espaço urbano-regional

Duplo clique na imagem acima para visualizá-la maior

Reduzir
Aumentar

Mais Visualizações

Chapecó em foco: textos e contextos sobre o espaço urbano-regional

Enviar para um amigo

Seja o primeiro a comentar este produto

Disponibilidade: Em Estoque.

R$0,00
Acrescentar itens ao carrinho
OU

Descrição Rápida

Clique aqui para baixar o livro.

Clique aqui

Descrição do Produto

APRESENTAÇÃO

 

     Esta obra começou a ser gestada em agosto de 2016, quando da elaboração do Seminário de estudos regionais sobre o urbano e rural: Chapecó em foco, evento organizado por pesquisadores de dois grupos institucionais de pesquisa – “Grupo de Estudos e Pesquisas Sobre Usos do Território e Dinâmicas Socioespaciais” (GETESE) da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), e “Cidade: cultura, urbanização e desenvolvimento” da Universidade Comunitária da Região de Chapecó (Unochapecó) – que contou com o apoio das duas universidades e financiamento da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação de Santa Catarina (FAPESC). O evento nasceu da preocupação de pesquisadores de diferentes áreas do conhecimento (arquitetos e urbanistas, geógrafos, cientistas sociais, historiadores, entre outros) em criar um espaço para o debate de questões relacionadas à dinâmica recente da urbanização e da estruturação dos espaços urbanos e rurais na região de Chapecó.

     Portanto, este livro traz as principais contribuições e discussões daquele evento. São textos oriundos da socialização de resultados de pesquisas recentes (feitas em projetos institucionais de pesquisa, dissertações de mestrado e teses de doutorado) realizadas nos últimos cinco anos. O tema central do livro, e que também o intitula – Chapecó em foco: textos e contextos sobre o espaço urbano-regional – coloca em evidência o processo de urbanização e de estruturação do espaço da cidade de Chapecó e dos espaços urbanos e rurais que constituem sua área de influência. A relevância social e científica do tema advém da intensa dinâmica da urbanização em Chapecó e região nos últimos cinquenta anos, processo este que consolidou a referida cidade como principal centro econômico e demográfico de um vasto território, que inclui municípios do Oeste de Santa Catarina e (em menor proporção) do noroeste gaúcho. Chapecó apresentou níveis elevados de crescimento econômico e populacional (especialmente de população urbana) ao longo de toda a segunda metade do século XX e primeiros anos deste século.

     Com uma população total de 209,6 mil habitantes em 2016 e taxa de urbanização de 91,6% (2010), o município se destaca por sua importância naquele que é considerado um dos maiores circuitos espaciais de produção de carnes e derivados da América Latina, abrigando em seu território importantes unidades processadoras de produtos alimentícios de origem suína e avícola, além de diversas outras empresas com atividades de apoio à produção agroindustrial. Tal circuito articula à referida cidade áreas de produção agropecuária de espaços rurais, bem como as pequenas cidades do seu entorno, a partir dos fluxos de mercadorias, pessoas e capitais. Além disso, a cidade vem concentrando uma miríade de outras atividades econômicas e de serviços privados e públicos não existentes em outras cidades próximas, reforçando ainda mais a sua centralidade regional .

     No plano urbano-regional, Chapecó articula também uma rede urbana constituída por cidades de pequeno porte e centros intermediários (como Concórdia, Pinhalzinho, São Miguel do Oeste e Xanxerê), em que cada cidade mantém um grau específico de articulação com o centro regional e cumpre um determinado papel na divisão territorial do trabalho na região . O dinamismo do processo de urbanização teve, contudo, importantes implicações econômicas, demográficas, socioespaciais e ambientais, tanto em escalas intraurbanas como no nível regional. Dentre as mais importantes, pode-se mencionar: a) os processos de estruturação e reestruturação econômica nos espaços urbanos e rurais; b) as interações econômicas e a dinâmica populacional no âmbito das relações cidade-campo; c) as desigualdades e diferenciações socioespaciais e os impactos socioambientais em escalas intraurbana e regional, e; d) as políticas de planejamento e gestão territorial em âmbito municipal e regional. Neste contexto, os textos apresentados no presente livro, todos inéditos, representam um esforço inicial para se começar a preencher estas lacunas existentes no conhecimento científico acerca da região.

     Em seu conjunto, os trabalhos aqui reunidos fornecem subsídios importantes a pesquisadores, profissionais e estudantes e outros segmentos da sociedade, para que possam conhecer melhor as características do processo de urbanização na região de Chapecó e sua configuração socioespacial nas escalas intraurbana e regional. Quiçá, a partir disso, avançar na proposição de intervenções para uma gestão do território socialmente mais equânime e ambientalmente adequado. Por fim, entendemos que esta obra, ao ser publicada no ano do centenário da cidade de Chapecó, ganha importância e destaque ao possibilitar e contribuir para que a população, no plano socioespacial da cidade e da região, possa melhor conhecer o seu passado, entender o presente e intervir de forma mais ativa e produtiva em seu futuro.

Trecho da Apresentação, assinada pelos organizadores.

Informações Adicionais

Autor Ederson Nascimento; Ana Laura Vianna Villela [Organizadores]
Ano de Publicação 2017
Páginas 597
Tamanho 16 x 23
ISBN 978-85-7993-388-2

Tags do Produto

Acrescentar suas Tags:
Utilize espaços para separar tags. Utilize aspas simples (') para frases.
 

Meu Carrinho

Você não tem itens no seu carrinho de compras.